Arthur Neto democrata: “Não sirvo a censura”

  • O ex-prefeito de Manaus, Arthur Neto (PSDB), se disse surpreso com nota divulgada pela Associação Amazonense do Ministério Público (AAMP), repudiando ataques do líder tucano à atuação da promotora pública Cley Barbosa Martins.
  • Cley acusou o ex-mandatário de improbidade administrativa e já aceita pelo Tribunal de Justiça do Amazonas. A acusação, inclusive, já foi acatada pelo Tribunal de Justiça do Amazonas.
  • “Fiquei surpreso com a nota da AAMP. Fui um dos parlamentares que mais lutou pela manutenção e ampliação das prerrogativas dos Ministérios Públicos. Já em 2014, como prefeito de Manaus, aceitei participar de reunião para organizar a defesa parlamentar dessas prerrogativas. E cumpri à risca a solicitação que muito me honrou”, disse Arthur em nota.

“No meu caso, não houve improbidade”

    • Arthur afirma que não desrespeitou a promotora que o acusou de improbidade pela gratificação de 500% a cinco servidores da Casa Civil do município.
    • “O problema é que não concedi tal gratificação a nenhum servidor. Quem concedeu, a meu ver, cometeu um gesto de má governança e não propriamente de improbidade. No meu caso, não houve nem má governança e muito menos improbidade. Pela simples razão de que não assinei nenhum ato nesse sentido. Respeito a ilustre promotora e respeito a instituição à qual ela serve. Não sou infalível, ela também não é. Não sou incriticável, ela também não. Sirvo à democracia e não à censura”, finaliza o ex-prefeito.

Advogada registra a marca “fadinha”

    • A advogada Flavia Penido registrou a marca ‘Fadinha’, apelido da skatista Rayssa Leal, medalha de prata nos Jogos Olímpicos de Tóquio-2020, no Instituto Nacional de Propriedade Industrial (INPI).
    • Por meio de um pedido digital, a defensora cedeu o registro para a atleta de 13 anos gratuitamente. Como é menor de idade, Rayssa tem os pais como representantes legais e prováveis donos da marca.

Objetivo é preservar direitos

    • Nas redes sociais, a advogada Flávia afirmou que “o interesse, obviamente, não é econômico, mas sim preservar eventuais direitos da Rayssa e também mostrar a importância de marketing e jurídico trabalharem sempre juntos”.
    • A autora da ação informou que sabe como disputas desse tipo podem ser demoradas e custarem muito, por isso solicitou o registro da marca, que será feito posteriormente em cartório.

TCU aperta Congresso sobre a pandemia

    • Diante do que classifica como “omissão” e “hesitação” do governo Jair Bolsonaro em assumir protagonismo no combate à pandemia de Covid-19, o Tribunal de Contas da União sugere que o Congresso debata medidas que possam melhorar o planejamento para futuras crises.
    • Ao avaliar o trabalho de núcleos criados para planejar respostas e mitigar efeitos da pandemia, o tribunal concluiu que o governo “não vem exercendo a contento” suas atribuições de planejador central para elaborar cenários, identificar riscos e estabelecer ações.

Hospital procura família de paciente internado

    • O serviço social do Hospital e Pronto-Socorro (HPS) João Lúcio Pereira Machado pede ajuda para encontrar os familiares do paciente Euri Alves de Oliveira, que está internado na unidade desde segunda-feira (26).
    • O homem aparenta ter aproximadamente 40 anos de idade e chegou ao HPS levado pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), após sofrer uma queda da própria altura, ter convulsões e um ferimento no nariz.
    • O homem não possui tatuagens ou cicatrizes, e nos registros consta apenas o nome da mãe: Tereza Alves de Oliveira.

6 COMENTÁRIOS

  1. Hiya, I am really glad I have found this information. Today bloggers publish only about gossips and web and this is really irritating. A good blog with interesting content, this is what I need. Thank you for keeping this web site, I will be visiting it. Do you do newsletters? Cant find it.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui