Comboio da Força Nacional chega a Manaus pela BR-319

  • A previsão do comandante da tropa, Antônio Aginaldo de Oliveira, é que 17 veículos trazendo 100 homens da Força Nacional de Segurança cheguem ainda nesta quarta-feira (9) em Manaus pela BR-319.
  • À coluna o presidente da Associação dos Amigos e Defensores da BR-319, André Marsílio, informou que o trajeto do comboio está sendo facilitado pelas boas condições da rodovia após o fim da estação invernosa.
  • “O comboio deve chegar logo ao Igapó-Açu, no quilômetro duzentos, e amanhã (quarta-feira) estará em Manaus”, afirma ele.

Chão, pó, poeira pelo Amazonas

  • Vídeo e fotos enviados por André Marsílio à coluna mostram, segundo ele próprio, a importância da BR-319 não só para o Amazonas, mas para todo o Brasil, assim como ocorreu também quando do transporte de cilindros de oxigênio durante  a fase crítica da segunda onda da Covid-19 no Estado.

Confira o vídeo

Luta desde o domingo

    • A liberação da Força Nacional para ajudar na restauração da ordem pública no Estado do Amazonas foi consequência de intervenção, desde domingo (6), do senador Omar Aziz (PSD-AM) e do governador Wilson Lima (PSC) junto ao presidente Jair Bolsonaro e ao ministro da Justiça Anderson Torres.
    • Nas redes sociais, o deputado federal Átila Lins (PP) postou mensagem  de agradecimento a Bolsonaro pelo pronto atendimento aos apelos em favor do envio da tropa nacional ao Amazonas.

Serafim compra briga por Marcellus Campêlo

    • Em surpreendente discurso na Assembleia Legislativa (Aleam), o deputado Serafim Corrêa (PSB) saiu em defesa do ex-secretário estadual de Saúde Marcellus Campêlo, garantindo que a Operação Sangria, do Ministério Público Federal (MPF),  cometeu “uma injustiça” contra o ex-titular da SES-AM.
    • De acordo com o deputado, a SES-AM não realizou qualquer pagamento em 2021 pelo uso do Hospital Nilton Lins que, em 2021, não foi alugado e, sim, requisitado administrativamente pelo Poder Executivo.

Situação de calamidade

    • Conforme a SES-AM, a requisição administrativa é um ato previsto na Constituição Federal e na Lei nº 8.080/1990, que permite que em situação de calamidade o Estado possa requisitar serviços ou imóveis e depois proceder com o pagamento justo.

Coordenador da UGPE

    • Apesar de desgastado ao deixar a titularidade da SES-AM, Marcellus Campêlo continuará servindo ao Governo do Estado como coordenador da Unidade Gestora de Projetos Especiais (UGPE), responsável pelo Programa Social e Ambiental dos Igarapés de Manaus (Prosamim).

Wilson tem que sair, diz Sidney

    • Para o deputado federal Sidney Leite PSD-AM), o caos na segurança pública do Estado é consequência da má gestão do governador Wilson Lima, que não realiza concurso público e nem investe no efetivo da Polícia Militar do Amazonas.
    • Conforme o parlamentar, os delitos e vandalismos espalhados pela cidade, que resultaram em terror e pânico na população, juntamente com a suspeita de desvios de recursos da saúde, tornam insustentável a permanência de Wilson Lima (PSC) como governador.

Governador pede habeas corpus ao Supremo

    • Por meio do advogado Antônio Nabor Areias Bulhões, o governador Wilson Lima ingressou com pedido de habeas corpus preventivo no STF (Supremo Tribunal Federal).
    • De preferência, Wilson não quer depor na CPI da Pandemia amanhã. Mas, se for obrigado a comparecer, quer ter o direito de permanecer em silêncio diante dos senadores da comissão.
    • Bulhões diz que a convocação de governadores pela CPI é inconstitucional.

MPF no calcanhar de Sikêra

    • O Ministério Público Federal (MPF) determinou a condenação do apresentador Sikêra Júnior por “dano moral coletivo decorrente de discurso de ódio às mulheres”.
    • No dia 5 de junho de 2018, o apresentador teria usado termos racistas contra uma mulher negra presa no Estado da Paraíba.
    • O MPF exige a retratação pública de Sikêra e que ele indenize a mulher ofendida com R$ 200 mil e desembolse mais R$ 2 milhões que serão destinados a entidades feministas ou de direitos humanos.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui