Norte Ambiental apresenta projeto do aterro sanitário de Iranduba em audiência pública dia 27

Foto: Divulgação

A empresa Norte Ambiental promove, no próximo dia 27 de novembro, audiência pública juntamente com o Instituto de Proteção Ambiental do Amazonas (Ipaam) em Iranduba (27 quilômetros de Manaus), para apresentar e consultar a sociedade local, lideranças comunitárias e órgãos municipais e estaduais, sobre o licenciamento para implantação de um Sistema de Tratamento e Destinação de Resíduos (STDR) – Aterro Sanitário de Resíduo Classe II A – no município.

Durante o evento, que acontece na Escola Estadual de Tempo Integral Maria Izabel Xavier Desterro e Silva, a partir das 9h, e que também será transmitido on-line no canal da empresa no YouTube, serão apresentados e debatidos os Estudos e Relatórios de Impactos Ambientais (EIA/RIMA) da estrutura, a primeira da Região Norte que atenderá todas as normas e regulamentos para descarte e destinação correta de resíduos.

De acordo com gerente da Norte Ambiental, Cristina Pietzsch, também serão apresentadas para a população as conquistas ambientais, sociais e econômicas que o projeto irá representar para o município, desde o fim da contaminação da água e do solo até a geração de novos postos de trabalho na fase de implantação e operação do aterro.

“A participação de todos os setores da sociedade na audiência pública é fundamental para contribuir com opiniões e sugestões que tem grande relevância e serão consideradas na implantação do projeto e para que o meio ambiente seja respeitado e a população beneficiada”, destacou Cristina Pietzsch.

O que é um aterro

Segundo o professor e doutor em Ciências da Engenharia Ambiental, Carlos Freitas, consultor de estudos do projeto do Sistema de Tratamento e Destinação de Resíduos, outro destaque da audiência será demonstrar a diferença entre o “lixão” atualmente utilizado e o modelo do STDR.

“Os lixões são depósitos a céu aberto onde são jogados e amontoados os resíduos de todos os tipos sem nenhum tratamento adequado e sem critério sanitário de proteção ao meio ambiente. Por outro lado, no projeto da Norte Ambiental os resíduos serão depositados em solos preparados para este fim, com impermeabilização, nivelamento e selados. Os resíduos recebem tratamento antes e não ficam a céu aberto, evitando a contaminação do ar e atrair animais que podem transmitir doenças”, acrescentou Freitas.

O professor destaca ainda, que o projeto do Aterro Sanitário de Resíduo Classe II em Iranduba está em conformidade com a Lei 14.026, do Marco Legal do Saneamento, sancionada pelo Governo Federal em julho de 2020, e que determina, entre outras medidas, que os municípios brasileiros tem até o ano de 2024 para acabar com lixões em seus territórios.

Participe

As pessoas interessadas em participar da audiência pública – que irá atender todos os protocolos de segurança e prevenção à Covid-19, como o uso de máscaras de proteção individual e de álcool em gel – poderão se inscrever no site www.materiais.norteambiental.com.br/audiencia-publica.

Os participantes – presenciais e os que estiverem assistindo a transmissão on-line – terão total acesso e liberdade para o diálogo, enviar perguntas e sugestões ao projeto durante a audiência.

Para solucionar outros questionamentos e dúvidas, a Norte Ambiental estará disponibilizando o e-mail [email protected], e o número de WhatsApp (92) 9.8440-0724 para o envio de novas contribuições até cinco dias após a realização da audiência.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui