Programa Mais Pecuária Brasil atinge a taxa de prenhez de bovinos em Manacapuru em 45%

O programa tem o objetivo de melhorar a qualidade do rebanho de bovinos e bubalinos no estado

Foto: Marfram Vieira/Idam

Em Manacapuru, (a 68 quilômetros de Manaus), a taxa de prenhez de bovinos atingiu 45%. De 20 inseminações realizadas no município em abril, nove gestações foram detectadas por meio do programa “Mais Pecuária Brasil”, financiado pelo Instituto de Desenvolvimento Agropecuário e Florestal Sustentável do Estado do Amazonas (Idam).

O Diagnóstico Gestacional (DG) aconteceu na sexta-feira (05/07), quando os técnicos do instituto e da Confederação Nacional de Agricultores Familiares e Empreendedores Familiares Rurais (Conafer) retornaram às cinco propriedades onde as inseminações foram realizadas, durante a primeira etapa do programa.

“Realizamos a segunda etapa 60 dias após a inseminação, pois é nesse período que há um resultado mais assertivo. Conseguimos alcançar mais de 45% de prenhezes, o que é uma taxa que está dentro da média para o programa”, destacou a coordenadora do projeto no Idam, Gabriela Segatti.

Continuidade do programa

Foto: Marfram Vieira/Idam

Após a confirmação das prenhezes, o Idam dará continuidade ao programa no município. Técnicos do instituto devem iniciar, em breve, o cadastro de novos pecuaristas de Manacapuru que desejam e estejam aptos a receber o programa, como ressalta a coordenadora.

“Não se trata apenas de o técnico ir à propriedade e inseminar os animais. Os pecuaristas precisam atender a critérios para que as inseminações deem o resultado desejado. Então, os bovinos precisam estar saudáveis e ter a alimentação necessária para que possam procriar”, explicou.

No Amazonas, sete municípios participam do programa “Mais Pecuária Brasil”, sendo eles: Manacapuru, Parintins, Careiro da Várzea, Barreirinha, Presidente Figueiredo, Autazes e Itacoatiara.

DEIXE SEU COMENTÁRIO

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.